Biblioteca Pública de Braga evoca António José Saraiva   10 de Março de 2018 / 11:23
A Biblioteca Pública de Braga (BPB) apresenta até 23 de março uma exposição documental sobre António José Saraiva, assinalando os 25 anos da morte desta figura da cultura portuguesa do século XX. Há para ver mais de uma centena de publicações ligadas à sua biografia e produção literária, além de evocações e artigos de imprensa. A mostra está patente no átrio desta unidade cultural da Universidade do Minho, situada na Praça do Município. A entrada é livre, todos os dias úteis, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. A iniciativa insere-se no ciclo “Efemérides” da BPB.

António José Saraiva (1917-1993) doutorou-se em Filologia Românica pela Universidade de Lisboa e foi historiador, ensaísta e professor. Tornou-se opositor ao salazarismo, militante do PCP (donde saiu em rutura) e apoiou Norton de Matos à Presidência da República em 1949, ano em que foi preso e impedido de ensinar. Exilou-se em França, onde foi bolseiro do Collège de France e investigador do Centro Nacional de Investigação Científica, lecionando mais tarde na Universidade de Amsterdão (Holanda). Regressou a Portugal após o 25 de Abril, sendo professor catedrático das universidades Nova de Lisboa e, depois, de Lisboa.

Tem uma obra vasta e relevante, como “História da Cultura em Portugal” e “História da Literatura Portuguesa” (com Óscar Lopes), a qual “formou gerações de estudantes em Portugal e no Brasil” e “conduziu à revisão do próprio cânone da nossa literatura”, segundo a ex-ministra da Cultura Isabel Pires de Lima. Publicou também estudos sobre imensos autores, como Luís de Camões, Padre António Vieira, Almeida Garrett, Eça de Queirós e Gil Vicente. Colaborou ainda numa vintena de jornais e revistas, como “Século”, “República”, “Público”, “Seara Nova”, “Vértice” e “Raiz e Utopia” (que cofundou). Foi distinguido pela Academia das Ciências e recebeu o Prémio Jacinto Prado Coelho da Associação Portuguesa de Escritores.

Redacção

Outras notícias da categoria nacional:

. Rui L. Reis recebeu em Londres um dos maiores prémios internacionais de Engenharia
. Português descobre circuito cerebral que prioriza acasalamento ao sono
. Professora da UMinho coordena Observatório das Comunidades Ciganas
. UMinho quer tornar as cidades “mais amigas” dos peões
. Resultados da autonomia curricular de 230 escolas apresentados na UMinho
. Têxteis Penedo espera gerar um milhão de euros por ano com tecidos que integram sistemas de iluminação
. Professor da UMinho premiado em Espanha
. CEB vai aumentar a eficácia e reduzir os efeitos secundários do fármaco para a artrite reumatoide
. Fundo Social de Emergência da UMinho apresentado no World Economic Forum
. Espetáculos e Oficinas de Férias brindam os mais novos com a energia criativa da música, do canto tradicional, da poesia e da expressão plástica, em Guimarães
. Aluna da UMinho premiada pela Associação Portuguesa de Tradutores e Intérpretes
. Portugueses na descoberta de mecanismo que pode combater fungo mortal
. Universidade do Minho tem o curso mais procurado do país
. UMinho com inscrições abertas para as provas dos maiores de 23 anos
. José González-Méijome distinguido com Prémio de Mérito Científico da UMinho
. Joana Marques Vidal na UMinho para palestra sobre o Ministério Público em Portugal
. Fantasporto exibe 11 filmes de alunos da UMinho
. Sentença de Sócrates é conhecida a 23 e 24 de Fevereiro em Guimarães pela mão de Mickaël de Oliveira
. Software de spin-off da UMinho gere acervo de Siza Vieira
. UMinho é a mais ativa da Europa em desporto universitário
. UMinho propõe terapia capaz de controlar cancro do colo do útero
. Portugueses reescrevem a história genética da Índia
. João Pedro Vaz será o novo Diretor Artístico da “A Oficina”
. Competências transversais são as mais valorizadas no mercado de trabalho
. Centro de Computação Gráfica está a definir os padrões da condução do futuro
. UMinho quer alavancar bioeconomia do país
. Estudo pioneiro sobre tablets junta universidades do Minho e Harvard e a Microsoft
. BabeliUM da UMinho promove cursos para dez línguas estrangeiras
. UMinho estreia em Portugal exames de Chinês para os mais novos



Voltar
 
O Amarense
PUB
O Amarense (c) 2017 | Todos os Direitos Reservados